sexta-feira, 19 de novembro de 2010

que seja assim, todos os dias.

Ele me aperta como sempre, até que algum ossinho da minha coluna estale, e me diz, como sempre também: 
"Que é que você tem que eu sempre largo tudo e venho te ver?"

[e é da lindíssima Tati Bernardi, novamente.]

2 comentários:

Cristiane disse...

Tati Bernardei fala por nós! DeliÇa! Bjs:)

Palavras ao Vento... disse...

Lindo post!!! Obrigada pela visita, bjo grande